ALGUNS  INTERIORES
1MyDesk.jpg (105656 bytes)
Este projecto de interiores foi feito em 1994, quando fui cumulativamente nomeado director do
Forum de Macau.
Aqui a minha zona de trabalho no meu gabinete já remodelado.
RetratoAutor.jpg (51368 bytes)

Um dos meus trabalhos de interiores cujos registos pude guardar foi o da recuperação da parte inferior das bancadas do Forum de Macau, que tinha capacidade para 4.000 espectadores, espaço multi-usos por onde passaram desde apresentações da Aida de Verdi até torneios mundiais de Voleiball
O edifício era extremamente interessante, numa mistura de ferro e cimento bujardado. O arquitecto evitara o granito e substituíra-o inauditamente pelo cimento bujardado numa combinação bastante feliz. 
Assim, ao longo de uma extensão de cerca de 50 metros, correspondente ao comprimento de uma das bancadas, e assente em dois níveis, foram criados os gabinetes e os escritórios open space. Escolhi madeira de cerejeira para o sobrado no piso térreo, e sobrado nas zonas de circulação intensa e alcatifa cinza nas zonas de trabalho do piso de cota inferior.
O meu gabinete tinha enormes janelas definidas pelo nível térreo e por pilares de cimento que no exterior eram reforçados por uma estrutura tubular em ferro. A luz, que eu quis suavizada, tonificava o ambiente que eu queria sereno. 
A simplicidade teria de imperar como complemento.
A minha secretária e armários baixos  embutidos em faia, foram feitos por desenho e medida. Esta área de trabalho distinguia-se da zona de estar pela existência de uma alcatifa cinza confinando com o sobrado de cerejeira que revestia a área remanescente, onde o outro tom escolhido foi o negro do cabedal dos sofás também desenhados e fabricados localmente. 
As nossas colecções de Arte tinham sido transferidas para inexpugnáveis catacumbas construídas no Forum pelo que o recurso a obras de arte não era difícil. Escolhi duas pequeníssimas esculturas em laca e ouro de um joalheiro. Recordo que uma delas era "Homenagem a Maigritte". Ambas estavam apresentadas em vitrinas de 35 x 35 cm.
Eram habitualmente tema de conversa para os visitantes que costumavam encantar-se com a simplicidade do espaço...
De facto, o Presidente da Câmara, com quem eu despachava directamente, vinha muitas vezes ao Forum em vez de ser eu a ir ao Leal Senado. Sabia que  encontraria aqui tranquilidade e era uma forma de se escapar temporariamente do ritmo frenético que o rodeava. 
Atrevo-me a dizer que os mais de cem funcionários dos Serviços Recreativos e Culturais que eu chefiava, se encontravam bem instalados e industriados, do segurança filipino que todas as manhãs me dava os bons dias e identificava os visitantes de forma polida, às funcionárias que serviam cafés e mudavam os cinzeiros todos os 15 minutos, até à Celeste, minha secretária portuguesa e à Priscilla, minha secretária chinesa, que demonstrava uma enorme apetência pela aprendizagem da língua e da gastronomia Portuguesas, havia um ambiente de cordialidade e rigor que eram absolutamente compatíveis.
Confesso que sinto saudades deste meu gabinete. Nem sei se ainda existe, depois da Transferência de Soberania. Mas a vida ensinou-me que apenas as Memórias duram sempre. Espero que esta pequena visita virtual tenha sido agradável..

2MyOfficeSeating.jpg (141854 bytes)
Vista tirada da minha secretária mostrando a zona de estar.
Era inevitável que um espaço cultural mostrasse obras de arte.
3VIP.Room.jpg (122163 bytes)
O Forum de Macau era o espaço para os grandes eventos. 
Foi preciso recuperar a Sala VIP usada antes e no intervalo dos espectáculos.
O espaço tinha alguns constrangimentos mas procurei suavizar o que então fui encontrar.
4VIP.Room.jpg (77386 bytes)
Este altar chinês que desenhei com linhas ainda mais depuradas procurou ser, discretamente, o centro da sala. Apenas um ligeiro apontamento. 
A iluminação procurava, com as limitações de Macau e orçamentais, conferir um ambiente suave e acolhedor.

PORCELANA

MOBILIÁRIO

 

 
SINETASIA António Conceicão Júnior